10 coworkings mais legais do mundo

O coworking já virou realidade em todo o mundo, seja para freelancers, empresas e até mesmo advogados. A ideia de escritório compartilhado já é bastante inovadora, mas há alguns vão além e deixam o ambiente ainda mais descontraído e interessante. Conheça dez dos coworkings mais legais do mundo:

hubud.jpg

1) Hubud (Bali, Indonésia)

Com vista para um vulcão e um campo de arroz, o Habud se diferencia dos demais por sua pegada sustentável. O espaço interior tem acabamentos em bambu e madeira reciclada e o coworker pode escolher trabalhar ao ar livre ou em ambiente fechado.

2) Gangplank (Arizona, EUA)

Esse coworking é gratuito! Na verdade, ele oferece o espaço a trabalhadores eventuais e a fixos em troca que eles colaborem para manter o espaço. Eles podem varrer salas, limpar mesas, fazer a manutenção da rede sem fio, escrever posts no blog, entre outras atividades.

3) Urban Station (Buenos Aires, Argentina)

O espaço de coworking oferece na diária um incrível desayuno portenho e bicicletas, que ficam estacionadas na entrada. Assim, se você tiver estressado e quiser arejar a cabeça, é só pegar a bike e dar uma volta pela capital argentina.

4) The Office (Santa Monica, EUA)

O espaço é famoso por ser calmante. Há uma árvore interna, cores suaves, jardim e iluminação leve. Os profissionais têm cadeiras Aeron, fones de ouvido Bose com restrição de ruídos e um diretório de arquivos de Hollywood. Ah, e um dos donos do local é ninguém mais, ninguém menos que JJ Abrams.

5) Mesh (Oslo, Noruega)

O coworking tem espaços compartilhados, escritórios privados, um espaço para makers e um clube noturno próprio. Ou seja, se o trabalho estiver puxado, é só esticar até a balada.

6) Parisoma (San Francisco, EUA)

No espaço coletivo, as mesas divididas pelos coworkers são, na verdade, mesas de ping-pong. Quando há eventos, debates e exposições, é só dobrar as mesas e aproveitar melhor o ambiente. Além disso, bolas de alongamento estão disponíveis para aquela esticadinha depois de passar horas em frente ao computador.

7) Box Jelly (Honolulu, EUA)

Este está localizado no Havaí e oferece pranchas e aulas de surfe aos coworkers nos intervalos do trabalho.

esdip.jpg

8) ESDIP (Berlim, Alemanha)

Seguindo as últimas tendências alemãs, esse espaço está instado em uma antiga fábrica e foi pensado para “artistas, ilustradores, cartunistas, designers, programadores, fotógrafos, escritores ou qualquer pessoa criativa”. Além disso, tem uma galeria para exibir trabalhos de quem trabalha lá e receber workshops regularmente.

09) Duke Studios (Leeds, Inglaterra)

Este espaço tem como objetivo inspirar, estimular e apoiar os seus coworkers. Ele é feito com paredes móveis à base de um material de nome “ultra board”, uma espécie de painel feito a partir do papelão.

10) NeueHouse (Nova York, EUA)

O espaço, além de ser um coworking comum, possui uma galeria de arte, um bar, um auditório e uma livraria.

Fonte